Você está aqui:Página Principal>Banco de Dados>Sistema de Transporte de Curitiba>Tipos de Serviços 1988 a 1992 (Municipal)  

  Banco de Dados

Tipos de Serviços do Transporte Urbano da Região da Grande Curitiba (PR)

Período de 1988 a 1991 - Revisado em janeiro de 2005

Relação dos tipos de serviços oferecidos pelo sistema de transporte municipal em Curitiba (PR) de 1988 a 1992 - Tal sistemática foi utilizada de 1988 ao início de 1992 sofrendo acréscimos de categorias ao longo deste período. Ou seja, nem todas existiram desde 1988 e algumas foram extintas neste mesmo período.

SISTEMA MUNICIPAL - URBS (Curitiba)

O tipo de serviço era indicado pelo primeiro dígito do prefixo do veículo ou pela combinação do primeiro com o terceiro dígito.

Consulte o link abaixo para verificar formação de prefixos 

Consulte o link abaixo para verificar a relação de empresas municipais 

  

Primeiro Digito do Prefixo Categoria Tipo de veículo permitido (novos) Empresas que operavam este tipo de serviço no período 1988 a 1992
0 (somente Leblon utilizava) Metropolitano Integrar Monobloco 3 portas

Comum (Norma DSTC - Exp. Azul / São José)

Leblon

Expresso Azul / São José dos Pinhais (pintura DSTC e veículos comuns 2 portas) * Houveram outras linhas deste serviço mas não podemos afirmar com certeza que empresas metropolitanas as operavam

1 ou 2 (*) Convencional Padron Comum 3 portas Todas municipais
3 Interbairros Padron Comum 3 portas motor traseiro ou central Todas municipais
4 ou 5 Alimentador Padron Comum 3 portas Carmo, Redentor, Cristo Rei, Glória e Curitiba
6 ou 7 Expresso Padron Comum 3 portas motor traseiro ou central Carmo, Redentor, Cristo Rei, Glória e Curitiba
8 Expresso Articulado Articulado 4 portas URBS, Carmo, Redentor, Cristo Rei, Glória e Curitiba
9 (terceiro dígito 0) Vizinhança (**) Micro-ônibus 2 portas Redentor
9 (terceiro dígito 0) Circular-Centro Micro-ônibus 2 portas Luz e Cristo Rei
9 (terceiro dígito não disponível em nossos registros) Opcional Micro-ônibus 1 porta Glória
9 (terceiro dígito 2) Jardineira Pró-Parque Jardineira 2 portas Carmo, Glória e Curitiba
9 (terceiro dígito 3 ou 4) Linha Direta (ligeirinho) Padron com embarque em nível, motor traseiro ou central Todas municipais
9 (terceiro dígito 9) Escolar (SITES) Comum 2 portas (segunda entre-eixos) no lado esquerdo e 1 porta lado direito em alguns veículos Todas municipais

* Houve um longo período de transição onde os prefixos antigos antes da numeração 1.000 continuaram a ser utilizados. Gradativamente os veículos foram re-prefixados acrescentanndo, geralmente, a milhar 1 ou 2 na frente do antigo prefixo excetuando: a Transporte Coletivo Glória que passou a utilizar a série 600 re-prefixando todos os veículos das séries 000 e 1800; Auto Viação Marechal que re-prefixou a série 600 como 2500 e a Auto Viação Curitiba que ocupou toda a série 800 (antes era de 850 em diante).

** As Empresas Marechal e Carmo operaram o Vizinhança antes de 1988 com micro-ônibus 1 porta. A Empresa Mercês também operou este tipo de serviço mas com ônibus comuns. Não dispomos de dados complementares. 

IDENTIDADE VISUAL DA FROTA PARA CADA TIPO DE SERVIÇO

METROPOLITANO INTEGRAR

 

 

CONVENCIONAL (novos)

 

INTERBAIRROS (Novos)
 

 

ALIMENTADOR (Novos)
 

Observação: esta cor foi utilizada ao longo deste período para os veículos repintados ou novos. A grande maioria dos veículos neste período ainda utilizou a cor amarela. A proposta para mudança na cor nasceu em 1986 mas só foi implementada tal mudança a partir de 1988.

EXPRESSO (Novos) - VERMELHO
 

EXPRESSO (novos) - LARANJA

 

Observação: A cor laranja nos expressos deve-se à implantação da frota pública que com 88 articulados adquiridos em 1988 nesta cor. Gradativamente algumas empresas passaram a pintar alguns de seus veículos nesta cor e outros, novos, já vieram de fábrica assim, ainda que em pouca quantidade pois na época não havia renovação significativa dos padrons. Em 1990 tal repintura deixou de ser feita e os expressos voltaram a ter a cor vermelha.

EXPRESSO ARTICULADO - EIXO NORTE/SUL
 

Observação: O lay-out da carroceria refere-se a veículos que já existiam pois os novos possuíam 4 portas. A cor laranja nos expressos deve-se à implantação da frota pública com 88 articulados adquiridos em 1988 nesta cor. Gradativamente algumas empresas passaram a pintar alguns de seus veículos nesta cor e outros, novos, já vieram de fábrica assim, ainda que em pouca quantidade pois na época não havia renovação significativa dos padrons. Em 1990 tal repintura deixou de ser feita e os expressos voltaram a ter a cor vermelha. Nos veículos articulados foi aplicada nos ônibus da Glória.

EXPRESSO ARTICULADO - EIXO BOQUEIRÃO

 

Observação: Os veículos da Auto Viação Nossa Senhora do Carmo rodam durante um tempo com indicação da empresa embaixo da logomarca "cidade de curitiba", inscrição não mais necessária há alguns anos.

EXPRESSO ARTICULADO FROTA PÚBLICA

 

Observação: A frota pública foi introduzida no final de 1987. Nos anos posteriores a categoria expresso passou gradativamente a ter seus veículos pintados na cor laranja também. Alguns veículos foram repintados e alguns foram adquiridos novos nesta cor. A partir de 1990 os expressos voltam a ter a cor padrão vermelha mas a frota pública (com poucas exceções de veículos repintados pela Empresa Cristo Rei de vermelho ou ainda veículos que operavam a categoria Interbairros que receberam a cor verde em outras empresas) manteve a cor laranja. O símbolo >< colocado ao lado da inscrição Propriedade do Povo foi retirado a partir de 1990.

VIZINHANÇA

OPCIONAL

Observação: O antigo serviço Seletivo foi utilizado neste período com o nome de Opcional. Nos registros do Omnibus do Brasil existe apenas a indicação do uso pela empresa Glória com micros na cor branca na linha Solar.

CIRCULAR-CENTRO

JARDINEIRA PRÓ-PARQUE

 

LINHA DIRETA (ligeirinho)

 

Observação: serviço implementado em 1991

ESCOLAR (SITES)

Observação: alguns veículos que não possuíam elevador para cadeirantes não possuíam porta central no lado direito.