Você está aqui:Página Principal>A Folha do Omnibus (Índice Geral)> A Folha do Omnibus 81 

Conheça nosso parceiro Canalbus

Número 81 - Ano 12 -  22 de dezembro de 2003 

   

www. omnibus.hpg.com.br

Produção: Osvaldo Teodoro Born.

É permitida a reprodução das informações e fotos desde que citada a fonte.

Endereço para contato: Rua Adolfo Stedile, 353 - Bom Retiro - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP 80520-540 

Endereço eletrônico: omnibusdobrasil @ yahoo.com.br 

Telefone: (41) 9621-0711 (celular)  

Colaboram nesta edição: 

Anderson Vianna Tavares

ACAV

Auto Viação Nossa Senhora da Luz

Cezar Pereira 

Comil

Flavio de Assumpção Pereira

João Manoel da Silva

Jornal Farol dos Bairros

Leandro Stein

Marcelo Luis Soares

 

Pablo Dalalibera Silveira

Prefeitura Municipal de Curitiba

Rafael Augusto Arthury de Almeida

Rodrigo Santiago Lemos

Scania

Sergio Augusto Braga Canuto

Secco Consultoria em Comunicação

Thiago V. S. Sena

Volvo do Brasil

Willian Correa

  

  EDITORIAL

Amigos e Associados do Omnibus do Brasil: Mais um ano se encerra e novamente o momento é de reflexão diante de tudo que aconteceu, do que fizemos e do que deixamos de fazer neste 2003. Espero que na soma final tenhamos deixado algo de bom para as pessoas que convivem conosco e que sejamos sempre lembrados pelas boas ações e pela amizade que mantivemos. Espero contar no próximo ano novamente com a ajuda de todos para continuar construindo este meio de comunicação que sempre pretendeu manter uma rede de informações o mais completa e diversificada possível dentro do setor de transporte coletivo por ônibus. A FOLHA DO OMNIBUS retorna somente no início de fevereiro mas até lá aproveite para periodicamente consultar o site que contará com várias novidades sempre informadas na página principal a partir de 10 de janeiro, entre outras o aperfeiçoamento e enriquecimento do banco de dados e uma nova seção intitulada Catálogo Omnibus! Um abraço a todos e boa leitura e até fevereiro.  Osvaldo Teodoro Born - Presidente do Omnibus do Brasil

     PRÓXIMA EDIÇÃO        

Após 05 de fevereiro de 2.004

QUADRO DE AQUISIÇÕES

Envie por carta ou e-mail informações de aquisições de ônibus na sua região observando os itens abaixo:

* NOME DA EMPRESA (quando possível completo)
* CIDADE SEDE (e onde os veículos irão operar quando possível)
* NÚMERO TOTAL DE VEÍCULOS ADQUIRIDOS (quando disponível)
* TIPO DOS VEÍCULOS (urbano, intermunicipal ou rodoviário)
* CATEGORIA OU SERVIÇO (fretamento, linhas regulares, linhas especiais, serviço leito)
* PREFIXOS DOS VEÍCULOS: devem CONTER NO MÍNIMO UM DOS PREFIXOS DO LOTE, sem esta informação nenhum dado será publicado nesta seção
* MARCA E MODELO DA CARROCERIA, número de portas 
* MARCA E MODELO DO CHASSI (se não for identificado o modelo informar no mínimo se é motorização dianteira, central ou traseira).
* OUTRAS OBSERVAÇÕES (ar condicionado, tipo de vidros)

Envie, se possível, uma foto POR CARTA da aquisição. Seu nome constará como colaborador da edição.


Empresa / Sede Quantidade Carroceria Marca/Modelo Chassi Marca/Modelo Prefixos Vistos Detalhes
Auto Viação Nossa Senhora da Luz (Curitiba PR) 04 Caio Piccollo 2 portas Mercedes Benz LO 914 CN 010, CN 011, CN 012, CN 013 Categoria Circular Centro. Agora os veículos dispõem de bancos comuns, totalizando 15 ao todo. Anteriormente dispunham de encostos acolchoados nas laterais e não no sentido de marcha do veículo. Substituem Caio Carolina IV 2 portas Mercedes Benz OF 812 ano 1992 prefixos CN 005, CN 006, CN 007, CN 008
07 Caio Piccollo 2 portas Mercedes Benz LO 914 CN 014, CN 015, CN 016, CN 017, CN 018, CN 019, CN 020 Categoria Convencional
Auto Viação Agua Verde (Curitiba PR) 1 Busscar Urbanuss 3 portas Mercedes Benz O500M JC 151 Categoria Troncal
Ultra S.A. (São Paulo SP) 10 Caio Giro 2003 Mercedes Benz O400RSE 2236 (DJB 2236), 2237 (DJB 2237), 2238 (DJB 2238), 2239 (DJB 2239), 2240 (DJB 2240), 2241 (DJB 2241), 2242 (DJB 2242), 2243 (DJB 2243), 2244 (DJB 2244), 2245 (DJB 2245) Veículos entregues em 03/07/2003, iniciaram operação recentemente. Ar condicionado, vidros colados fumê.
Viação Galo Branco (RJ) 20 Marcopolo Viale 2 portas Mercedes Benz OF 1721  RJ 181.010, RJ 181.020, RJ 181.022 (LUG 0081), RJ 181.033, RJ 181.044, RJ 181.049, RJ 181.052, RJ 181.054, RJ 181.055, RJ 181.062 (LTZ 0138), RJ 181.076 (LUZ 0110), RJ 181.083 (RJ 181.083 (LSX 0107) Vistos na linha 531-M - Alcântara-Niterói
Viação Cidade (Araranguá SC) 01 Neobus Spectrum Volkswagen 17.210OD 2414 x
Viação Iapó (Ponta Grossa PR) nd Comil Svelto  Volkswagen 17.210OD 2102, 2103, 2104, 2105 Fretamento. Itinerário digital.
01 Irizar Century Volvo B12R  2101 Turismo
nd Comil Versatile  Volkswagen 17.210OD 2003, 2007, 2008, 2009, 2010 Fretamento

                 INFORMAÇÕES SOBRE TERMINAIS, LINHAS, FROTAS E REMANEJAMENTOS                  

PLUMA  - A empresa já começou a receber seus novos Irizar Century sobre chassi Volkswagen 18.310OT 2 eixos. Os veículos dispõem de nova pintura, sendo um deles o prefixo 5001 na configuração leito turismo. Nas próximas edições forneceremos outras informações.

CATARINENSE - O primeiro veículo encarroçado e que rodou em testes sobre o novo chassi B12R, o 2341 da Catarinense (Florianópolis SC) foi emplacado no estado do Paraná recebendo a chapa ALD 3046.

BANCO DE DADOS DE TERESINA (PI)  - Enriquecemos ainda mais as informações sobre o transporte nesta cidade através da permanente colaboração do amigo Thiago Sena. Agora na área banco de dados do site você tem a relação completa da frota da cidade dividida por empresa e também as linhas da cidade organizadas por empresa e região. Tenha acesso aos dados pelo link abaixo.

RODONOTAS

"ROAD SHOW" DEMONSTRA NOVO ÔNIBUS URBANO CITMAX - Para demonstrar na prática os benefícios e as vantagens oferecidas pelo Citmax, mais recente ônibus lançado pela empresa, a Ciferal, pertencente à Marcopolo S.A., realizou um "Road Show" pelo Brasil e visitou seus clientes nacionais. Durante 60 dias, nos meses de setembro, outubro e novembro, cinco veículos equipados com chassis Mercedes-Benz OF 1721 e cinco, com Volkswagen 17.210 OD, percorreram cerca de 60 mil quilômetros e realizaram 840 visitas nas principais cidades das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. "Foi um veículo que chegou para atender nossas expectativas", explica Bruno Luiz de Siqueira, gerente de Manutenção da Vera Cruz, empresa de Recife (PE), que comprou 15 unidades do Citmax. Para ele, o que mais agradou foi o peso do veículo e a melhor relação entre o preço e a qualidade. Já a Rodoviário Metropolitano, também do Recife (PE), adquiriu 10 unidades do Citmax durante a realização do evento. O "Road Show" contribuiu para ampliar as vendas do Citmax. Em apenas três meses, cerca de 400 unidades foram comercializadas no Brasil, superando a expectativa inicial da empresa de 100 veículos/mês. A previsão da Ciferal é fechar o ano com 500 unidades vendidas. 

COMIL 8X2 15 METROS - A Comil produziu o primeiro 8x2 com 15 metros do Brasil. Duas unidades do modelo Campione 4.05 com essas características foram desenvolvidas para a Molina Union, empresa com sede em Lima, no Peru, único país da América Latina que permite o tráfego de ônibus com esse comprimento. A preocupação da Comil em desenvolver um projeto estrutural específico para a região na qual o ônibus vai rodar é um dos fatores responsáveis pelo aumento da procura dos produtos da encarroçadora por empresas peruanas, já que a região andina é bastante montanhosa, exigindo maior esforço das carrocerias. 

 

CODEMA INAUGURA CONCESSIONÁRIA SCANIA EM SÃO BERNARDO DO CAMPO - A Codema, maior concessionária Scania na América Latina, inaugurou no dia 10 de dezembro, sua primeira filial na cidade de São Bernardo do Campo (SP). Localizada no bairro Demarchi, a nova casa será especializada no atendimento aos cegonheiros, que concentram em São Bernardo do Campo cerca de 65% da frota circulante deste segmento no País. A Codema é uma das dez maiores concessionárias Scania no mundo. São nove filiais no Estado de São Paulo e uma em Minas Gerais, que empregam 250 pessoas e são responsáveis anualmente pela venda de 700 novos caminhões, 100 novos ônibus e cerca de 250 caminhões usados, além da prestação de serviços e vendas de peças

MARCOPOLO EXPÕE EM ANA RECH ÔNIBUS QUE CONTA SUA HISTÓRIA - Um dos primeiros modelos de ônibus produzidos pela Marcopolo, um Nicola, Série Prata, de 1967, está agora exposto permanentemente na unidade Ana Rech, em Caxias do Sul (RS). A empresa recebeu da Transportadora Suzantur, de Suzano (SP), a doação do veículo. Com chassi Mercedes-Benz O.321, o Nicola foi completamente reformado pela Marcopolo. A Marcopolo S.A., fundada em 1949, nasceu com o nome de Nicola & Cia. Ltda e foi uma das primeiras indústrias brasileiras a fabricar carrocerias para ônibus. Na época, os veículos levavam 90 dias para serem produzidos e o material utilizado nas carrocerias era a madeira. A evolução do setor automobilístico foi ponto-chave para o crescimento da empresa, que, em 1957, já fabricava 237 carrocerias em aço por ano, quase uma unidade por dia de trabalho.Em 1967, ano de produção do Nicola exposto na unidade Ana Rech, a empresa passou por uma atualização de seus processos produtivos e pela implementação de programas de treinamento, que aumentaram consideravelmente a produção. O número de carrocerias fabricadas duplicou: foram montados 468 chassis naquele ano.No ano seguinte, 1968, o sucesso obtido com o lançamento do novo ônibus Marcopolo no VI Salão do Automóvel, em São Paulo, foi tão grande que acabou sendo sinônimo para a empresa, que adotou o nome do modelo, a partir de 1971.

 

LINHA NATAL - O Natal de Curitiba (PR), projeto turístico desenvolvido por uma parceria entre a Prefeitura e o Curitiba Convention Visitors Bureau, tem por objetivo atrair visitantes à cidade neste período do ano para movimentar o comércio, hotéis e restaurante. São 35 diferentes eventos e atrações, entre decorações, feiras especiais, cantatas, missas e festas típicas, além de apresentações artísticas e culturais. 

A Linha Natal facilita a visitação do público aos pontos de principais atrações e também aos principais pontos de compras da cidade. Na praça Eufrásio Correia, início do trajeto, o público estará próximo ao Shopping Estação, que abriga o Concurso Internacional e Exposição de Presépios Natalinos, uma das âncoras das atrações. 

Em seguida, o ônibus traz o público para uma outra atração, que é o Natal no Palácio Avenida, do HSBC. A linha do Natal terá ponto de parada nas proximidades na Marechal Floriano, entre as ruas XV e Marechal Deodoro. Este ponto do trajeto tem ainda outra boa atração: o trecho da Rua das Flores entre a Muricy e a Marechal Floriano, que foi escolhido como “sala de estar” do Natal de Curitiba. O saxofonista André Dechamps toca para os transeuntes, do alto da sacada de um dos edifícios. Os 28 postes republicanos daquela quadra estão todos enfeitados por microlâmpadas coloridas. 

O trajeto da linha especial inclui ainda as feiras de Natal, a casa de Zélia da Silva (no Jardim Social|), as casas decoradas da rua Abel da Silva Almeida, na Vila Izabel, as casas do Papai Noel da Fundação Pró Renal e da Havan, o Bosque de Jesus, além dos shopings Mueller, Crystal, Curitiba e Parkshopping. O calendário, com todas as atrações, incluindo horários e dias de apresentações, pode ser conferido nos sites www.cic-curitiba.com.br (da Companhia de Desenvolvimento de Curitiba) e www.nataldecuritiba.com.br (disponibilizado pelo Convention Bureau).

Além da Linha Natal de Curitiba este ano foram disponibilizadas a partir do centro de Curitiba as linhas especiais de Natal para as cidades de Araucária (PR) e São José dos Pinhais (PR). Todos os veículos que atendem as linhas especiais estão com identidade visual diferenciada com a inserção de símbolos festivos na lay-out da pintura. As linhas rodam das 19h30min às 23h00 com intervalos de 30 minutos. A partida é na Praça Eufrásio Correa, região central de Curitiba (PR) mas é possível embarcar e desembarcar em qualquer ponto. O trajeto todo dura em média 2 horas, e o preço do embarque é de R$ 2,00.

PUBLICAÇÕES DO SETOR

 

 

ACAV - Na edição 70 o destaque ficou por conta dos mini e micro-ônibus da marca Volkswagen que invadem as ruas de São Paulo e de outras cidades utilizados na reestruturação dos sistemas de transporte como opções em termos de alimentação de sistemas troncais.

REI DA ESTRADA - Na edição 107 o destaque na área de ônibus foi a entrega das primeiras 20 unidades do Comil Doppio sobre chassi Scania L94 articulado do lote de 130 adquiridas por empresas do Projeto Transmilenio da Colômbia.

FAROL DOS BAIRROS - Na edição 32 desta publicação que atende os bairros da região norte de Curitiba (PR) a Viação Marechal ganhou destaque em uma coluna com o título Viação Marechal Prioriza o Social destacando ações de cunho social realizadas pela empresa e também a visita de técnicos japoneses à empresa que vieram conhecer a tecnologia da mistura álcool diesel utilizada na frota. 

O DIA - Na edição de 21 de novembro o destaque foi a tarifa de algumas linhas de ônibus a R$0,30 na região da Pavuna (Rio de Janeiro RJ).

Para ler os destaques, clique com o botão direito na imagem e use a opção SALVAR IMAGEM COMO salvando o arquivo no seu computador. Em seguida abra-o através do Windows Explorer.

NOSTALGIA

Marcopolo II sobre chassi Mercedes Benz LPO da empresa Transcol de Santo Antonio da Patrulha do Rio Grande do Sul ainda em operação. 
CLUBUS

 ANIVERSARIANTES DO PERÍODO JAN/FEV 

Rodrigo Costa Carvas - 11/01

Se você faz aniversário neste período e não teve seu nome relacionado atualize seus dados junto ao clube. 

FELICIDADES AOS ANIVERSARIANTES!!!

OPINIÃO

Recebemos e reproduzimos opiniões e propostas que tratam de temas que estão no artigo AS VERDADES SOBRE CURITIBA publicado originalmente na edição 78 da A FOLHA DO OMNIBUS e posteriormente no site www.deonibus.com. Tenha acesso ao artigo na seção OPINIÃO pelo botão a seguir

Opinião de Anderson Vianna Tavares (em itálico os itens do artigo original):

Quero dar minha opinião quanto aos tópicos :

1 – Rede Integrada. Concordo integralmente com sue texto.  Totalmente.

2 – Veículos. Concordo plenamente que o veículo com motorização traseira é o ideal.  Principalmente :A – A entrada dos passageiros é pela dianteira.  E o motor na frente é algo incômodo; B – O calor e barulho proporcionados. Quanto aos modelos utilizados, de 1 ano para hoje, está havendo uma melhoria significativa... Não sou vasto entendedor de carrocerias, mas a frota está em renovação.  Salvo as linhas do eixo Tarumã, Higienópolis que utilizam ainda os Mercedes ano 1992, da empresa Luz e os existentes na Carmo e Cristo Rei, outras estão em mudança.  Exemplo disto, as linhas : Cotolengo, Fazendinha (com os articulados), Uberaba, Vila São Paulo, e atualmente a Cabral X Osório.

3 – Micros. Concordo plenamente.

4 – Ligeirinhos. Concordo.  Só acredito que em algumas linhas, o itinerário poderia ser realizado pela canaletas dos biarticulados.  Em vez da via normal... exemplo ?? : Os ligeirinhos que transitam na Mal. Floriano.  Ao saírem do terminal Carmo em direção ao Boqueirão, eles saem da canaleta na altura do quartel e mais na frente adentram novamente para acessar ao terminal Boqueirão... Ora... Por que não seguem diretamente na canaleta, como por exemplo no caso da linha Campo Comprido X  Pinhais, que após a passagem por baixo da BR-116, utiliza da canaleta para acessar o terminal Capão da Imbuia... e continuam pela canaleta até o fim desta, após o autódromo...

5 – Expressos. Estes são realmente problemáticos. Mas com soluções rápidas e fáceis.   O mais difícil, que seria a implantação das canaletas exclusivas, já foi feito.  Bem... Vamos pegar um exemplo... A linha Boqueirão.   Existem muitos sinais [semáforos] no itinerário, acredito que poderia se diminuir consideravelmente o número destes cruzamentos. Seguindo a Marechal, pode-se notar que muitos cruzamentos poderiam ser suprimidos.   Isso também se aplica as demais linhas.  

Problema recente : O crescente número de pingentes nas portas 2 e 4.

Problema recente : Os vandalismos nos interiores do ônibus.

Concordo plenamente com o dito sobre o Circular Sul.

Quanto aos novos biarticulados: O aviso sonoro de fechamento de portas.  Em ligeirinhos é até aceitável, mas em uma linha de biarticulados onde as paradas são muitas, fica meio irritante... Com o aumento do número de vandalismos, está arriscado aquelas caixas de som não durarem muito... Outra idéia mais viável pode ser utilizada...

6 – Troncal ? Convencional ? Concordo.

7 – Marketing. Grande realidade.  

8 – Fundamentos do Capitalismo. Certo, certíssimo.  Eu mesmo sou uma vítima disto.  Trabalho no Higienópolis. E toda sexta-feira preciso sair tarde.  E à noite o horário é longo entre um ônibus e outro, justamente porque só andam o motorista e o cobrador.   E numa destas sextas, eu estava caminhando para o ponto quando passou um ônibus da linha Higienópolis, às 22h45min. Perdi. E fiquei esperando outro, que só passou às 23h57min! Isso mesmo, 1 hora esperando... Nesse ínterim quase fui assaltado e passei à vir toda sexta de carro...

9 – Vale Transporte. Concordo.  Inclusive há mais um problema... Como a gerenciadora, irá proceder quando aumentar o número de pessoas com cartões?? Afinal, só na Rodoferroviária é possível recarregar o cartão, e mesmo assim se o sistema não estiver OFF-LINE...  Lamentável, pois já fiz o meu, e impossibilitado de ir até a Rodoferroviária, ele fica a maior parte do tempo em casa descarregado... E as filas ???  outro agravante...   


Propostas de Leandro Stein para a integração das linhas 010 e 011 do Interbairros I ao sistema RIT de Curitiba (PR):

Foi concebida a integração nesta proposta a partir do terminal Campina do Siqueira na região oeste de Curitiba (PR). Os veículos da linha 010 que atualmente seguem pela Rua Capitão Souza Franco até a Rua Martin Afonso, entrarão à esquerda na Alameda Princesa Izabel seguindo por esta até a Rua Jerônimo Durski onde entrarão a direita e logo em seguida a esquerda na Alameda Julia da Costa. Posteriormente seguirão pela Rua General Mario Tourinho até o terminal Campina do Siqueira onde farão checagem de horário. Sairão do terminal utilizando a Rua Jerônimo Durski até a esquina com a rua Martin Afonso pela qual seguirão até a esquina em que seguirão o atual roteiro.

Os veículos da linha 011 que atualmente seguem pela rua Padre Agostinho até a Rua Francisco Rocha seguirão pela Rua Padre Agostinho até a Rua Jerônimo Durski onde entrarão a esquerda e logo após a direita entrando no terminal Campina do Siqueira onde farão checagem de horário. Para sair do terminal utilizarão o retorno interno e entrarão na Rua Jerônimo Durski seguindo por esta até a Alameda Princesa Izabel onde entrarão a esquerda e seguirão por ela até a Rua Francisco Rocha onde entrarão a direita seguindo o atual roteiro.

 

 

 

Com as mudanças poderá haver a extinção da linha 865 - Jardim Esplanada e criação da linha 806 - Jardim Esplanada que poderia ser operada com micro-ônibus servindo trajeto troncal ou ainda a criação da linha 816 - Jardim Esplanada que poderia ser operada com micros alimentadores. Essa alteração seria resultado do atendimento do trajeto da atual Jardim Esplanada pelo novo trajeto das linhas interbairros no trecho entre o Hospital Evangélico e o ponto final da linha. No restante do trajeto os usuários da linha poderiam utilizar a linha 875 - Bigorrilho. Além disso poderia ser extinta a estação tubo Cohab/Hospital Militar pois as linhas interbairros teriam paradas próximas ao local e o tubo poderia ser recolocado na Rua Fernando Simas em frente aos pontos de parada da linha J62 - Curitiba / Campo Largo servindo como alternativa aos biarticulados da linha 303 - Centenário / Campo Comprido.

 

Envie seus comentários sobre as opiniões de ANDERSON e as propostas de Leandro ou sobre o artigo original publicado na edição 78 para omnibusdobrasil @ yahoo.com.br.